Reforma Administrativa: como o governo quer destruir o serviço público?

Reforma Administrativa: como o governo quer destruir o serviço público?

Estamos em meio a maior pandemia do século. Nesse contexto o acesso aos serviços públicos e gratuitos, especialmente do SUS e da assistência social, tem sido a diferença entre a vida e a morte para o povo brasileiro. É o momento de valorizar os profissionais e investir nas políticas públicas, mas o governo Bolsonaro em aliança com o congresso faz o contrário e apresenta uma Reforma Administrativa (PEC 032/2020) que busca eliminar direitos dos servidores que estão na linha de frente e transformar os serviços públicos em balcão de negócios.

Para justificar a Reforma, a propaganda governista tenta vender a ideia de que as mudanças afetam apenas o servidor público e a grande mídia repete o argumento de que é para cortar privilégios,  como estabilidade e super salários, mas ao observar os dados reais, percebemos que esse discurso é falso.

Esse é o tema do debate online que o portal A Coluna promove nessa quarta-feira (21/10), às 19h. Participa do debate Edson Carneiro Índio e Kawe Campoli, o primeiro é dirigente da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e candidato a vereador por São Paulo e o segundo é assistente social e sindicalista do município Florianópolis. Não perca nossa live na página do Facebook do portal A Coluna e no canal do Youtube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *