Guia de Leitura para a “Carta aos Comunistas” – A Coluna episódio 25

Guia de Leitura para a “Carta aos Comunistas” – A Coluna episódio 25

No vigésimo quinto episódio do nosso podcast, Henrique Martins e Giovanny Simon discutem dois textos para o quadro Guia de Leitura. A “Carta aos Comunistas” de março de 1980 e “A herança que os comunistas devem renunciar” de novembro, escritos por Luiz Carlos Prestes e Anita Leocadia Prestes, respectivamente. Os textos abordam as causas e os sintomas da degeneração do PCB que levou a sua aniquilação em 1990, mas também apontam positivamente as tarefas dos comunistas na fundação de um partido verdadeiramente revolucionário no Brasil.

Link para o texto “Ecos a carta de Prestes”.

Ouça pelas plataformas 🔈

Castbox ☑️https://castbox.fm/channel/id2420803?country=br

Spotify ☑️https://open.spotify.com/show/5XhDNOYciTvKimP0zVi3sO

iTunes ☑️https://podcasts.apple.com/br/podcast/a-coluna/id1500154548

Google podcasts ☑️https://www.google.com/podcasts


Lista de Perguntas

Parte I – A que Herança devem os comunistas renunciar?

1) Ao que a autora se refere quando critica o “dogmatismo” na história do PCB? Em que temas políticos particulares isso se manifestava?   

2) Como a autora caracteriza a relação entre tática e estratégia ao longo da história do PCB?

3) O que a autora comenta sobre as “ilusões parlamentares” em determinado período da história do PCB?

4) Como a autora trava polêmica com os defensores da “Democracia como valor universal” e os situa em relação às concepções estratégicas hegemônicas no PCB daquele período?

Parte II – Carta aos Comunistas

1) Quais são os principais problemas que assolavam a direção do PCB naquele período, segundo Prestes?

2) Qual a importância que Prestes projetava para o vindouro VII Congresso do PCB? Que cuidados deveriam ser tomados na preparação para este congresso?

3) Como Prestes relaciona a construção de uma organização revolucionária com a sua estratégia?

4) Como Prestes visualizava as lutas por democracia, por reivindicações econômicas e sociais em relação a luta pelo socialismo?

5) Como Prestes caracteriza a devida política de alianças que deveriam os comunistas por em prática naquele período?

6) Como se dá a construção de um partido revolucionário para Prestes? Qual papel deve desempenhar seu grupo dirigente? Por que Prestes não fundou outro partido depois de romper com o PCB?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *